PAEB/CsF: notícias de Julho de 2013

Roma: Bolsista Brasileiro Recebe Menção Honrosa

O bolsista Rodrigo Lopes Ferri recebeu Menção Honrosa da Universidade de Bolonha, durante cerimônia de comemoração de 25 anos da Magna Charta Universitatum, em 20 de setembro corrente. O estudante de Desenho Industrial, proveniente da Universidade Vila Velha, destacou-se pela produção do vídeo "Árvore da Vida", sobre seu percurso acadêmico e pessoal, que culminou na participação no Programa Ciência sem Fronteiras.

No vídeo, com cerca de três minutos, o estudante menciona como elementos que contribuíram para sua decisão de pleitear bolsa do Programa, a oportunidade de aprimorar seus conhecimentos em uma instituição de renome e a concessão pela Petrobras, empresa em que trabalhava, de licença por um ano para a participação no CsF.

A Magna Charta Universitatum, assinada por 755 Universidades de 80 países, elenca valores que devem ser perseguidos pelas instituições de ensino superior e encoraja iniciativas de internacionalização das Universidades. A cerimônia comemorativa da assinatura do documento teve lugar diante de Reitores e personalidades ligadas à Educação, entre os quais se encontrava o Professor Umberto Eco. A Embaixada foi representado pelo Chefe do Setor de Cooperação Educacional da Embaixada, Secretário Luiz Felipe Czarnobai.

O vídeo do bolsista Rodrigo Lopes Ferri pode ser acessado pelo endereço www.youtube.com/watch?v=ltVrMhVvUG0. Foto da cerimônia em que recebeu a Menção Honrosa está disponível em www.facebook.com/segreteriatecnica.csfitalia.

Washington: Programa "100.000 Strong in the Americas"

Representantes da Embaixada do Brasil em Washington participaram, em 19 de setembro, de sessão informativa no Departamento de Estado sobre o Programa "100.000 Strong in the Americas". Além de integrantes da diplomacia norte-americana, estavam presentes representantes da Association of International Educators (NAFSA), da organização Partners of the Americas e de embaixadas de países da América Latina e do Caribe.

O objetivo da sessão era o de divulgar as parcerias do Programa com a NAFSA e a Partners of the Americas (PoA), bem como o lançamento, no dia 23 de setembro, da primeira rodada de oferecimento de recursos do Fundo de Inovação do Programa para projetos que se enquadrem no objetivo do Governo norte-americano de, até 2020, incrementar para 100.000 o número de estudantes dos EUA em países da América Latina e do Caribe e para a mesma grandeza o número de estudantes latino-americanos e caribenhos em instituições de ensino superior norte- americanas. Segundo os representantes do Departamento de Estado, o Fundo contaria com recursos iniciais da ordem de US1 1 milhão.

As parcerias com a NAFSA e a PoA visam a somar esforços de levantamento de fundos para o programa, especialmente junto ao setor privado. O objetivo da iniciativa é de que o Fundo de Inovação do Programa possa vir a contar, no futuro, com cerca de US1 10 milhões por ano para o financiamento de projetos inovadores que contribuam para aumentar o intercâmbio de estudantes norte-americanos e latino-americanos e caribenhos. A meta é estimular universidades a incluírem programas de estudo no exterior acessíveis a estudantes de todas as áreas do conhecimento como parte integrante de seus currículos.

Por meio do "website" do Programa (www.100kstrongamericas.org), serão recebidas, a partir do dia 23 de setembro, as candidaturas de instituições interessadas em receber financimento para os seus projetos. Segundo os representantes norte-americanos, a primeira rodada contemplará duas categorias de projetos: (a) iniciativas de criação de capacidade para atingir a meta do programa, que receberão fundos do Departamento de Estado e cuja eligibilidade está restrita a projetos que envolvam Brasil, Colômbia, Equador, Panamá, Peru e México; e (b) iniciativas para a promoção de estudos no exterior ou programas de intercâmbio entre os EUA e Chile ou Peru, em qualquer campo do conhecimento, mas com preferência para as áreas de ciências, tecnologia, engenharia, matemática e desenvolvimento sustentável, que receberão fundos da Freeport-McMoRan Copper & Gold Foundation.