Novembro de 2013

CsF na Itália é tema de mesa-redonda na Embaixada do Brasil em Roma 11/11/2013

Mais de 60 representantes de Universidades, de Governos e de agências de pesquisa do Brasil e da Itália, além de empresas italianas, avaliaram o andamento do Programa Ciência sem Fronteiras na Itália e discutiram iniciativas para o fortalecimento da cooperação em educação superior entre o Brasil e a Itália, durante mesa-redonda realizada na Embaixada do Brasil em Roma, em 25 de outubro passado. Entre os participantes, estavam o Secretário-Geral do Itamaraty, o Embaixador do Brasil na Itália, o Embaixador da Itália no Brasil, o Presidente da CAPES, os Reitores das Universidades Federais do Ceará e de Viçosa, o Reitor da Universidade de Brasília e Pró-Reitor da Universidade Federal de Minas Gerais.

Na mesa-redonda, ganhou destaque o amplo espectro de apoio oferecido aos bolsistas do CsF na Itália, por meio de parceria entre a Secretaria Técnica sediada na Universidade de Bolonha, as quinze Universidades italianas que recebem bolsistas do Programa, a Embaixada do Brasil em Roma e os Consulados-Gerais em Milão e Roma. A rede consular italiana no Brasil, por sua vez, concede aos bolsistas os vistos, de modo gratuito e tempestivo, antes da partida para a Itália.

A Itália é o quarto principal destino de bolsistas de graduação-sanduíche do CsF neste semestre. Na mesa-redonda, foi explorada a possibilidade de expansão da Rede CsF Itália, com a adesão de novas Universidades. Ademais, o Presidente da CAPES manifestou interesse na participação da Itália no Programa Licenciaturas Internacionais, que oferece bolsas de estudos, para permanência de dois anos no exterior, para estudantes de licenciaturas nas áreas de química, física, matemática, biologia, letras, artes e educação física.

A participação na mesa-redonda de representantes de empresas, como Telecom Italia/Tim, Alitalia, Finmeccanica, Pirelli e GVS, decorreu da importância da colaboração do setor privado para o CsF, com destaque para a oferta de estágios. A Telecom Italia/Tim recentemente contribuiu com o aporte de dois milhões de reais para o orçamento do CsF, para utilização no ensino do idioma italiano aos bolsistas, e coloca à disposição do Programa 50 vagas de estágio em seus centros de pesquisa na Itália, a cada semestre. A Alitalia oferece desconto e condições especiais para a aquisição de bilhetes aéreos pelos bolsistas.