O PEC-PG foi criado com o objetivo de possibilitar a cidadãos oriundos de países em desenvolvimento a realização de estudos de pós-graduação no Brasil, contribuindo, assim, para a formação de recursos humanos, nos moldes do PEC-G. O primeiro Protocolo foi assinado em 1981 e atualizado em 2006.

Atualmente, são 60 os países participantes no PEC-G, sendo 26 da África, 25 das Américas e 9 da Ásia.

Desde os anos 2000, houve mais de 3.000 selecionados. Ao longo dos últimos vinto anos, foram selecionados mais de 3.000 estudantes de pós-graduação.

Cerca de 68% das candidaturas vem de países das Américas, com destaque para Colômbia e Peru.



Na África, a maior participação é de moçambicanos e cabo-verdianos:



Na Ásia, os timorenses respondem pelo maior número de selecionados: